Vive

Vive, dizes, no presente,
Vive só no presente.
Mas eu não quero o presente, quero a realidade;
Quero as cousas que existem, não o tempo que as mede.

O que é o presente?
É uma cousa relativa ao passado e ao futuro.
É uma cousa que existe em virtude de outras cousas existirem.
Eu quero só a realidade, as cousas sem presente.

Não quero incluir o tempo no meu esquema.
Não quero pensar nas cousas como presentes; quero pensar nelas
como cousas.
Não quero separá-las de si-próprias, tratando-as por presentes.

Eu nem por reais as devia tratar.
Eu não as devia tratar por nada.

Eu devia vê-las, apenas vê-las;
Vê-las até não poder pensar nelas,
Vê-las sem tempo, nem espaço,
Ver podendo dispensar tudo menos o que se vê.
É esta a ciência de ver, que não é nenhuma.

«Poemas Inconjuntos» – Alberto Caeiro

E porque…

E porque cada dia é um dia, e porque cada palavra tem o seu momento, e porque cada vida tem o seu sentido, e porque cada um de nós tem o seu alguém, e porque cada objectivo deve ser perseguido, e porque cada recompensa deve ser merecida, há que ver a vida de todas as cores e mais algumas. Do preto severo ao verde esperança, deambulando pelo cinzento da incerteza, em algum momento teremos sentido todas estas cores. Onde quer que tenha sido. Quando foi possível acontecer.

«Life In Technicolor» – Coldplay

Tudo.

You say you want
Diamonds on a ring of gold
You say you want
Your story to remain untold

But all the promises we make
From the cradle to the grave
When all I want is you

You say you’ll give me
A highway with no one on it
Treasure just to look upon it
All the riches in the night

You say you’ll give me
Eyes in a moon of blindness
A river in a time of dryness
A harbour in the tempest
But all the promises we make
From the cradle to the grave
When all I want is you

You say you want
Your love to work out right
To last with me through the night

You say you want
Diamonds on a ring of gold
Your story to remain untold
Your love not to grow cold

All the promises we break
From the cradle to the grave
When all I want is you

You…all I want is…
You…all I want is…
You…all I want is…
You…

«All I Want Is You» – U2

 

SÓ!!