Espontânea Vontade

Os desejos intermináveis
De escrever sem findar
Erguem as inolvidáveis
Palavras que são o meu ar.palavras1

As subjugações interiores
Que alimentam o meu viver,
Quiçá os únicos amores
Que não tive que escolher.

Sombrias vozes inaudíveis
Segredam dentro de mim
Estas palavras legíveis
Que escrevo sem fim.

Pequenas letras combinadas
Somente buscam a verdade
Quando o coração dá asas
À minha espontânea Vontade.

03/12/13

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s