Negras sensações

Falsas.
Todas as palavras
Minuciosamente encontradas
Num momento de fim.

Hipócritas.
Todas as lamentações
Mascaradas de emoções
Sob um véu de cetim.

Cínicos.
Todos os momentos
Absolutamente sedentos
Em presença de mim.

Repúdio.
Tudo o que eu sinto
Quando não minto.
Sentir-me sempre assim!

Mentirosas.
Todas as memórias
Utopicamente satisfatórias.
Procuram-me onde vim!

Esqueçam-me.
Ardam-se lentamente!
Transformem-se em matéria inata.
Façam-se o nada.
E assim me permitam a vida.

 

15/09/14